Você está em:

O atendimento prestado pela Pandorga

Atendemos pessoas com autismo grave

Atendemos pessoas com autismo grave

Desde sua fundação, a Pandorga trabalha pelo desenvolvimento e pela socialização de crianças, adolescentes e jovens adultos com autismo e psicose graves. Realiza seu trabalho em dois centros de convivência: - a Pandorga Criança recebe diariamente 12 crianças de 4 a 12 anos, de 2ª a 6ª feira, das 13 às 17:30 horas; - a Casa da Pandorga recebe diariamente 28 adolescentes e jovens adultos a partir dos 13 anos de idade, de 2ª a 6ª feira, em regime de meio turno, das 07:30 às 12 e das 13 às 17:30 horas. As crianças, adolescentes e jovens adultos atendidos provêm de 5 municípios da Grande Porto Alegre.

A Pandorga trabalha com crianças, adolescentes e jovens adultos com autismo grave. Pessoas com autismo têm dificuldades na comunicação, na interação social e no uso da imaginação. Nas pessoas atendidas pela Pandorga, o autismo vem quase sempre associado a uma psicose, a uma deficiência mental ou a outras síndromes. Por via de regra, tais pessoas apresentam capacidade cognitiva extremamente limitada, não se comunicam verbalmente, têm dificuldade em manejar sua higiene íntima e em alimentar-se por própria conta, só entendem ordens simples, breves e diretas, muitas usam fraldas, têm acessos imprevisíveis de descontrole e autoagressão, tomam medicação neurológica forte, e algumas têm convulsões.

Acontece

O que acontece na Pandorga

Atendidos

Veja a galeria de fotos de atendidos pela Pandorga.

Cursos

Cursos da Pandorga

Formação

Clique e veja mais sobre nossa próxima formação.

Parceiros

Quem apóia a Pandorga

  • Petrobrás
  • Stihl
  • Moro Arquitetos
  • FLD
  • Parceiros voluntários
  • Faculdades EST
  • IMAMA
  • Fundação Maurício Sirostsky Sobrinho
  • Kinder
  • Banco de alimentos
  • Instituto HSBC Solidariedade