Você está em:

Pandorga

Texto - Hipersensibilidade sensorial na experiência de Raphael Muller

Hipersensibilidade sensorial na experiência de Raphael Müller

Capa do livroMeus ouvidos são extremamente sensíveis a ruídos, principalmente a sons súbitos. Eu suporto classes escolares ou eventos públicos, mas quase caio da cadeira quando alguém de repente espirra por perto. E eu consigo ouvir, sem esforço, através de portas fechadas e paredes grossas. Meus olhos captam uma página inteira, eu registro muita coisa com o canto dos olhos. Meu cérebro não filtra quase nenhuma informação, de modo que as informações recebidas se acumulam, se empilham, se confundem, se misturam e se digladiam.

Muitas vezes passo trabalho com a avalanche de estímulos. Meus sentidos querem dar conta daquilo que meu corpo não consegue e trabalham em altíssima rotação. Quando fica demais, eu desligo bem intencionalmente os sinais óticos e me concentro nos acústicos. Na prática, deito a cabeça na mesa e fecho os olhos (mas fico super aceso no que acontece acusticamente).

Os olhos, é possível fechá-los, quando fica demais, mas as orelhas, não. Elas começam a coçar e a zunir. É por isso que eu esfrego as orelhas, quando estou cansado. Além disso, os pensamentos fazem cócegas na parte interior do crânio, e eu acabo me coçando a cabeça.

Eu vejo e escuto de modo diferente do que vocês, em termos e qualidade e quantidade. Isso não facilita necessariamente a minha vida. O filtro entre consciente e inconsciente parece não funcionar direito, de modo que um excesso de informações atravessa o meu cérebro - às vezes de modo suave, às vezes impetuosamente como um tsunami. Quando isso acontece, dentro de mim queima uma segurança e eu começo a ter cãibras.

(Citações extraídas e traduzidas de Raphael MÜLLER, Ich fliege mit zerrissenen Flügeln, Basel: fontis, 2014, páginas 28-30 e 34.)

Acontece

O que acontece na Pandorga

Atendidos

Veja a galeria de fotos de atendidos pela Pandorga.

Cursos

Cursos da Pandorga

Formação

Clique e veja mais sobre nossa próxima formação.

Parceiros

Quem apóia a Pandorga

  • Petrobrás
  • Stihl
  • Moro Arquitetos
  • FLD
  • Parceiros voluntários
  • Faculdades EST
  • IMAMA
  • Fundação Maurício Sirostsky Sobrinho
  • Kinder
  • Banco de alimentos
  • Instituto HSBC Solidariedade